Pesquisar

Guia de Apoio - Como utilizar os serviços WMS no QGIS

O serviço WMS (Web Map Service) é uma norma OGC, adotada pela Guia Técnica de Serviços de Visualização INSPIRE, pela qual utilizadores humanos e sistemas informáticos acedem à informação geográfica disponibilizada na Internet. Como o WMS é uma norma, o seu acesso e consulta é possibilitado por um amplo e variado lote de programas informáticos, e mesmo por visualizadores Web oferecidos através de um comum browser. Dito de outro modo, significa que não é necessário dispender recursos financeiros próprios para aquisição de um programa específico para aceder à informação geográfica pública.

A resposta a um pedido de serviço WMS não consistem nos próprios dados, mas em uma imagem dos mesmos, havendo possibilidade de inquirição a alguns dos atributos existentes na correspondente base geográfica. Geralmente, os mapas gerados pelo WMS adotam o formato de imagem raster (PNG, GIF ou JPEG), mas ocasionalmente podem ser gráficos vetoriais em formato Scalable Vector Graphics (SVG) ou Web Computer Graphics Metafile (WebCGM).

Uma das vantagens do uso do WMS é a possibilidade de sobreposição de diferentes camadas, após atribuição de níveis de transparência (exemplo de consulta das classes de ocupação do solo sobre limites administrativos de freguesia).